terça-feira, julho 17, 2012

Viagem Bariloche - Fotos e Dicas


Cerro Viejo

Cafeteira  giratória em Cerro  Otto


Centro Cívico em Bariloche 
Cerro  Campanário



Meu filho em aula de esqui em Cerro Catedral
                                        
                               
Centro da cidade

Hotel em que ficamos hospedados
 Vista da janela do quarto do hotel .
 Restaurante do hotel
Área de convivência do hotel

Praça  em frente a catedral do centro da cidade.

Catedral frente


 Aeroporto de Guarulhos - SP animados com a ida.


Fotos tiradas da janela do avião.


Boa noite;
Foi muito boa a viagem, graças a Deus, e quis colocar o maior número possível de fotos para vocês apreciarem os momentos que tivemos naquela cidade e as paisagens maravilhosas que vimos, por isso decidi colocar slides. Só não foi melhor a viagem, porque meu filho mais velho não foi.
Estive pensando em dicas para dar aqueles que estão de viagem marcada, ou que planejam viajar para lá. O lugar é lindo, os vendedores, garçons, recepcionistas de hotéis, etc... falam um pouco e entendem um pouco de português, dá para se comunicar. Leve doláres ou pesos, para despesas com táxis, remises (carros particulares com preço fixo, que levam a lugares turísticos ou a pontos da cidade que precisar), ônibus urbano,etc... Reais também são aceitos na maioria dos lugares, mas pela cotação de R$2,00 para cada peso, ou seja, eles ganham mais, pois a cotação oficial em média, está R$2,30 para cada peso. Se tiver cartão internacional, compre apenas no débito, assim você paga apenas 0,38% de IOF(imposto sobre operações financeiras) no exterior, contra 6,38% nas compras à crédito. Não há bancos brasileiros em Bariloche, se não tiver cartão internacional, leve dinheiro suficiente, e cuidado ao trocar reais por pesos ou dólares, só utilize as casas de câmbio, pois em cada esquina eles te oferecem uma taxa melhor, mas passam "NOTAS FALSAS".
Os preços estão muito altos nessa temporada, foi o que disseram pra nós,quando comentamos com outros brasileiros que já foram outras vezes, o quanto tudo estava muito caro.
As agências de viagem, como a CVC, que nós contratamos, oferecem pacotes, mas, quando você chega lá, descobre que apenas um passeio está coberto, os outros, apenas os traslados. Os outros passeios que constam no contrato, você tem que pagar à parte, e os guias da CVC de lá, cobram MUITO CARO! Não vale a pena ir para Bariloche por agência. Opte por um hotel no centro da cidade, assim, você toma seu café da manhã, pega ônibus urbano para os passeios, ou remises, ou vans, ou passeia pela cidade e já almoça ou janta por lá. Nós tinhamos que andar muito para chegar ao centro, pela localização do nosso hotel.
Todos os hotéis e restaurantes e lojas, tem aquecimento, a gente tem que tirar os casacos quando entra, pois dá calor, mas não saia na rua sem usar uma segunda pele ( conjunto de calça e blusa térmica, compre em lojas de esporte que vendam equipamentos de esqui), e casacos pesados, botas com meias de lã, cachecóis, luvas, gorros, etc... Para a neve, alugue nas casas de "Alquiller ou aluguel de roupa pra neve", se for por agência, a roupa já está incluida no pacote,( com exeção das luvas, que precisam ser impermeáveis) e você pega nas lojas da agência quando chega lá. As roupas da CVC são muito acolchoadas e ruins de andar, as botas fedem, a bagunça na hora de buscar as roupas é enorme, você tem que experimentar e trocar se preciso, na frente de várias pessoas, perdemos muito tempo na loja, isso não foi legal. Enquanto outras agências lá, as roupas eram mais leves, mais apropriadas para a prática de esportes. Falando nisso, alugue esquis ou pranchas de snowboard, nas lojas dos cerros, onde vai esquiar, na cidade também alugam, mas você terá de carregar por mais tempo, e os esquis pesam muito.
 Na hora de comprar chocolate, que é uma tradição na cidade, procure bastante, os preços são altos, e de loja pra loja, mudam muito, por isso, pechinche.As caixas grandes ou pequenas, possuem bem menos quantidade do que aparentam, e na hora de voltar para o Brasil ou na loja mesmo, muitos dizem que na alfândega brasileira os chocolate não podem entrar, mas pode sim, mas dê preferência, a colocar os chocolates nas malas, se levar pacotes nas mãos, eles fazem vistoria nas malas e você fica um tempão na fila do aeroporto.
Cuidado ao caminhar sobre neve, se tiver gelo brilhante, não pise nesse caminho, parece sabão, de tão escorregadio. Eu cai na estação de Cerro Catedral, graças a Deus não foi grave, mas no passeio a Piedras Blancas, uma senhora escorregou numa escada com gelo, e fraturou a tíbia.
Os principais passeios em Bariloche são: Piedras Blancas, onde se pratica o famoso "ski bunda"(uma prancha de plástico, onde você senta e escorrega ), Cerro Catedral ( a maior estação de esqui da América Latina), Cerro Otto, Cerro Bayo ( em Villa La Angostura ), Cerro Viejo, Cerro Campanário, Centro cívico (prédios numa praça do centro da cidade, com museus, etc...), Calle Mitre ( rua principal), Lago Nahuel  Huapi ( imenso, parece um mar de àgua doce, lindo), onde há passeios de barco. Esses são os que me lembro.
Espero que gostem das dicas e aproveitem bastante. Um abraço a todos e fquem com Deus.

Nenhum comentário: